O verdadeiro objetivo do conhecimento profético se alcança apenas pela reforma interior, e não pelo conhecimento acumulado em si mesmo.

sexta-feira, 6 de julho de 2007

Supostos Mapas pós-transição - continentes



(clique nas imagens do Blog para amplia-las)

Imagens retidadas da Seção PHOTOS da MidiaeProfecia, e dão término ao tema Supostos Mapas Pós-transição.

Podem repassá-las, não tenho restrições quanto a isso, mas recomendo que enviem apenas a quem realmente se interessa pelo tema profético.
São de interessante verificação, mas sempre lembro que NÃO SE PODE AFERIR CERTEZA A ESTES MAPAS.


EUROPA


Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert, disponível no site Fim dos Tempos.

Embora com grandes diferenças dos Mapas Mundi, o mapa abaixo demonstra uma coisa em comum com todos eles : o quase desaparecimento da Europa.




Suposto Mapa da Europa pós-tribulação, de Dennis Bossack.
O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.



Destaco novamente a questão de Portugal.
Notem que em todos os Mapas Mundi, assim como nestes acima, apesar de a Europa praticamente desaparecer ou tornar-se inabitável (segundo o 2º Mapa), terras portuguesas aparecem seguras em parte ou no todo. Isso me lembrou muito o comentário feito a Lúcia, de acordo com seu próprio registro, sobre a aparição em Fátima, quando Nsa.Sra. lhe revelou o 2º segredo, e a certo ponto dizia "Em Portugal se conservará sempre o Dogma da Fé".





De  Gordon Michel Scallion





ASIA
Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert.
As diferenças entre este Mapa e os demais Mapas Mundi são novamente evidentes, mas o ponto em comum reside no fato de boa parte das terras da Ásia se manterem habitáveis.




Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Dennis Bossack.
O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.

Acredito que como este autor tem um método de percepção diferenciado, no sentido de pretender indicar ameaças químicas, biológicas e nucleares, faz sentido indicar a Ásia, assim como quase a totalidade da Europa e do EUA, como áreas impróprias a vida humana, devido principalmente a possibilidade de uma guerra nuclear.




De  Gordon Michel Scallion







AFRICA e ORIENTE MÉDIO

Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert.
As diferenças entre este Mapa e os demais Mapas Mundi são novamente evidentes, mas o ponto em comum reside no "chifre da África".










OCEÂNIA

Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert.
Talvez seja este Mapa o mais conflitante depois do Mapa do Brasil, dada as diferenças entre ele e os demais Mapas Mundi.




Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Dennis Bossack.
O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.




De Gordon Michel Scallion





Não deixe de ver os demais posts sobre o tema "Mapas".
(clique nas imagens do Blog para amplia-las)

segunda-feira, 2 de julho de 2007

Supostos Mapas pós-transição - EUA




(clique nas imagens do Blog para amplia-las)


Imagens retidadas da Seção PHOTOS da MidiaeProfecia, e dão sequência ao tema Supostos Mapas Pós-transição.

Podem repassá-las, não tenho restrições quanto a isso, mas recomendo que enviem apenas a quem realmente se interessa pelo tema profético.
São de interessante verificação, mas sempre lembro que NÃO SE PODE AFERIR CERTEZA A ESTES MAPAS.

EUA

Nota-se de forma geral o colapso das duas grandes falhas geológicas do EUA, a de San Andreas no Oeste, e mais ao Centro a de Nova Madrid.

Sobre o colapso da Costa Oeste, além de haver evidências na forma da própria falha de San Andreas (e outras) e na forma de atividade sísmica e vulcânica regular, profeticamente vários videntes afirmam que esta região sofrerá um colapso e cairá no Oceano Pacífico, sendo o mais conhecido Edgar Cayce.

Sobre a Costa Leste, dispensável comentar sobre a série de vidências que afirmam, dentre outras coisas, que Nova York será destruída pelas águas, mas chamo atenção para a Flórida, que nas imagens a seguir aparece inundada totalmente ou parcialmente, dependendo do autor. Segundo a tradição profética dos índios Seminoles, originários da Flórida, isso de fato ocorrerá. Reza sua tradição que o Instimo mergulhará no Oceano.



Supostos Mapas do EUA pós-tribulação, de Gordon Michel Scallion.
A primeira imagem é bem mais detalhada que a segunda imagem, logo a seguir.









Ainda de GM Scallion, neste Mapa é possível ter uma visão mais detalhada da região, englobando o México, o Canadá, as Antilhas, Caribe e norte da América do Sul.
Chamo a atenção para as novas terras que surgem na Costa da atual Flórida, uma grande porção de terra na Costa Leste do EUA.





Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Ashton Prite.
As semelhanças são evidentes, e chamo a atenção para a datação das supostas mudanças, ou seja, até 1999.
Datação de profecias quase sempre se mostram errôneas, embora nem sempre a profecia ou vidência seja um erro.





Suposto Mapa do EUA pós-tribulação segundo a autora da controversa obra, "Conversas com Nostradamus", Dolores Cannon.
Segundo a autora, teria obtido informações sobre as Quadras e sobre futuros acontecimentos, diretamente de Nostradamus, através de processo de vidência ou semelhante.

Seu Mapa é bastante radical ao indicar mudanças, pois somente as áreas negras seriam as terras emersas que restariam do EUA.




Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Doris Abrahamsen.
As semelhanças comentadas no início são evidentes.



Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Chet Snow.
Embora com detalhes diferentes, novamente podemos ver a Costa Oeste, Nova Madrid e a Flórida como pontos principais. Neste Mapa também é possível ver a inclusão de terras aonde fica hoje o Caribe, o que o autor chamou de "New Atlantis". Estas novas terras também estão presentes nos Mapas de GM Scallion (acima e Mapa Mundi), e em pelo menos um dos outros supostos Mapas Mundi.



Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Autoria não-identificada.
As áreas demarcadas em amarelo, com a letra D, significam DEPTHLY (algo como Afundado, No fundo).
Embora de forma diferente, novamente os três principais elementos estão presentes.






Supostos Mapas do EUA pós-tribulação, de George Shaffer.
O menos radical de todos, mas ainda assim ressalta mudanças no Oeste, no Leste e no Centro do EUA. Também na Costa do Texas e Flórida, mostrando também supostas mudanças no Alasca.
Esta Mapa foi criado com base em visões de Shaffer em 2005, e é bem diferente do abaixo, feito em 2002.


Três anos antes (2002) Shaffer teve uma visão e segundo ele, o Mapa abaixo seria uma amostra do que conseguiu perceber em termos de mudanças para o EUA. O desenho é impreciso e tem grandes diferenças se comparado ao desenho posterior e acima.

As cores em laranja indicariam áreas que estariam incapazes de manter vida humana por algumas décadas, mas ele não sabe precisar a razão. A área em azul no Alasca, indicaria área tomada pelo Oceano.





Supostos Mapas do EUA pós-tribulação, de Lori Toyle.
No segundo Mapa há marcações em forma de cruz em alguns locais, e segundo a autora, estes locais seriam refúgios seguros durante o processo de alteração da geografia do EUA e do planeta.








Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Dennis Bossack.
O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.






Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert,
disponível no site Fim dos Tempos. É bastante diverso dos demais, e como o de Dolores Cannon e o de Dennis Bossack, é bastante radical ao indicar mudanças.

Segundo este desenho, praticamente nada restaria na América do norte, o que é de alguma forma parecido com o Mapa Mundi de Trigueirinho. Embora aquele Mapa demonstre a existência de mais terras emersas, a concentração destas terras estariam na Costa Oeste e isso não faz muito sentido diante da instabilidade geológica conhecida da região (falhas, terremotos e vulcanismo).

O Mapa abaixo mostra a Costa Oeste destruída, restando apenas o meio-oeste norte-americano, e partes do México.







Não deixe de ver os demais posts sobre o tema "Mapas".

(clique nas imagens do Blog para amplia-las)

Compre o Livro "O que são Profecias"

Compre o Livro "O que são Profecias"
Links para Compra do Livro

Participe do MidiaeProfecia Espaços

Contato

Minha foto
Curioso sobre Profecias e assuntos relacionados.