O verdadeiro objetivo do conhecimento profético se alcança apenas pela reforma interior, e não pelo conhecimento acumulado em si mesmo.

sábado, 17 de janeiro de 2015

Samuel Doctorian - Os Cinco Anjos dos Continentes



Dr. Samuel Doctorian






O Dr. Samuel Doctorian é um pastor de origem judaica-armênia, nasceu em 1930 em Beirute, no Líbano, e vive atualmente no EUA em Pasadena, California, para onde emigrou em 1976. Casou-se em 1952 com Naomi Pashgian no Líbano, o casal tem cinco filhos. O casal é fundador da Bible Land Mission, com sede em Pasadena.


Seu pai e sua mãe eram crianças quando escaparam do massacre aos Armênios, realizado pelos turcos entre 1915 e 1917 na Armênia. Sobreviveram mas ficaram órfãos, e foram levados para o Líbano, aonde cresceram em um orfanato Cristão. Quando Samuel Doctorian tinha seis anos de idade, seus pais se mudaram para Jerusalém. Ainda não existia a Nação de Israel, e ele e seus pais viveram na Cidade até à guerra árabe-israelense de 1948, quando pela segunda vez seus pais perderam tudo e de se transformaram em refugiados, retornando ao Líbano. 


Aos nove anos de idade, Samuel converteu-se ao cristianismo na Igreja do Nazareno, e segundo relata, nesse dia prometeu que dedicaria sua vida inteira ao Senhor Jesus. Vindo de uma família pobre, começou a trabalhar com 14 anos de idade, em uma oficina de sapateiro. Com 16 para 17 anos sentiu-se “chamado” para exercer o ministério. Um ano mais tarde começou os estudos de teologia na faculdade de Hurlet Nazarene College , em Hurlet, Glasgow, Escócia. Após a graduação, foi ordenado pastor em 1951

Um ano depois retornou ao Oriente Médio e começou o seu ministério em Jerusalém, mudando-se mais tarde para Amã, na Jordânia. Não foi patrocinado por nenhuma denominação e pregou em Alepo, Beirute, Chipre e Damasco, e quando foi ao Egito, alega-se que dez mil pessoas se converteram ao cristianismo através dele. 


Em conseqüência de uma visão, começou com sua esposa o Bible Land Mission em 1959. Foi a 125 países de todos os continentes. Pregou para diversos tipos de denominações protestantes, em também em Igrejas católicas e Ortodoxas.


Dr. Samuel recebeu seu diploma de Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Haigazian em Beirute, e seu grau de Master of Science em Gestão de Empresas pela Universidade de La Verne, no EUA. Seus Livros venderam milhares de cópias em diversos idiomas ao redor do Mundo.


Um de seus livros mais famosos foi escrito em 1998, e é o objeto principal deste texto.


Os Cinco Anjos dos Continentes” fala sobre catástrofes mundiais que estariam para ocorrer. Doctorian relata que as recebeu em 16 de agosto de 1998, na Ilha de Patmos, na Grécia, a mesma ilha em que João escreveu a Revelação (Apocalipse).

O Dr. Samuel Doctorian possui ligações estreitas com o Brasil. Tem ligações pessoais com o Pastor Caio Fábio, e um de seus filhos casou-se com a filha do Pastor Ageo Silva, um dos vice-presidentes do Banco Bradesco, e pastor da Comunidade Cristã de Vila Yara, em Osasco. 


Segundo Doctorian afirma, o rio Amazonas se tornará como ‘um oceano’ e deixará grande parte da Floresta Amazônica submersa. Ainda segundo ele, as principais cidades do Brasil seriam destruídas por terremotos.

O Dr. Samuel Doctorian é considerado herege pela Igreja Presbiteriana do Brasil, por ser montanista.

Ao final do texto e dos meus comentários, há adicionais do Pastor Caio Fábio e sua relação com o Dr. Samuel Doctorian, e também sobre sua condição de herege pela IPB.




*

O quadro geral mostrado no texto abaixo é de uma mudança radical no Mundo.

Se você não pesquisa muito sobre Escatologia, aviso que poderá se surpreender. Se você conhece o tema, irá identificar elementos já ditos ou insinuados em outros textos proféticos de origem cristã.

O abaixo pode ser uma fraude, baseado em outras profecias e em deduções e estudos que muitos de nós mesmos podemos realizar. Mas pode ser real.

Então, como sempre, cabe ler e refletir.

A mim o que chamou mais a atenção são as similaridades de sua narrativa com alguns dos supostos mapas proféticos, e dá a impressão de que ou o Dr. Samuel Doctorian teve acesso a eles, ou de fato as coincidências são muito grandes para serem coincidências.


**


**

Samuel Doctorian 

16 de agosto de 1998 na Ilha de Patmos. 


"Estava aqui sozinho numa casa na Ilha de Patmos há várias semanas para orar e buscar o Senhor. Encontrei uma pequena capela - St. Nicholas's Chapel - onde ninguém nunca vai. Fui lá e derramei meu coração perante ao Senhor. Encontrei uma rocha ao lado de um monte onde ia, me sentava e orava - meditando e lendo a Bíblia. Comi muito pouco naqueles dias. Muitas vezes fui até a caverna onde João viu a Grande Revelação. Enquanto meditava por um mês nesse lugar solitário, pensei: "Eu me pergunto se Deus vai me enviar o décimo anjo?" Já havia visto anjos em nove ocasiões anteriores - na Inglaterra, em Belgrado, Iugoslávia, em Aman, Jordânia, em Jerusalém e um anjo que libertou uma mulher de ser enforcada no norte do Egito; vi o nono anjo em Beirute no meio da guerra. O anjo fisicamente me acordou às 3:00hs. Da manhã e me disse que deixasse o país imediatamente. Eu sou grato a Deus até hoje - não sei o que teria acontecido comigo se o anjo não tivesse vindo. O céu contará isso um dia. Então me perguntei se veria um anjo pela décima vez. Houve vezes em que estava orando e sentia tanto a presença de Deus que perguntava. "Senhor, será que um anjo virá agora?" Mas não aconteceu. Uma noite até sonhei com um anjo. Ele me disse para voar no meu sonho e eu o fiz - mas foi somente um sonho. Eu queria ver um anjo real, como havia visto nas outras nove vezes.

Em 20 de junho às 3:50 da manhã aqui em Patmos, subitamente meu quarto se encheu de luz e não há luz por perto. É uma casa isolada no final de uma rua próxima a um monastério. Eis que, quando orava completamente acordado, vi cinco lindos anjos . Vi seus rostos - perfeitos e como humanos, mas cheios de luz. Vi seus olhos, seus cabelos e suas mãos. Do meu lado direito estavam dois anjos, e quando olhei para a esquerda vi três outros anjos com asas. Eles tinham lindos vestidos brancos que caíam até o chão - é algo que não posso descrever com palavras humanas. Fiquei imaginando porque cinco anjos haviam vindo, mas estava tremendo e sacudindo. Queria chorar, mas não pude. Pouco antes eu vira estes anjos no Espírito. Havia me visto em uma grande reunião de multidões, onde pregava em inglês. Havia um interprete à minha esquerda com cabelo escuro e terno cinza, mas não consigo me lembrar em que língua ele estava falando. Eu estava profetizando esta mensagem: "Minha Igreja, vocês pregam amor, ensinam amor, mas precisam praticar amor - mostrar amor. Há necessidade de unidade no meu corpo. Há muitas divisões entre vocês. Meu Espírito não Se moverá e não trabalhará onde não há unidade. Há carnalidade na minha Igreja; muita impureza profetizando no espírito, eu estava tremendo. Meus olhos se abriram e olhava para a grande multidão. E de repente, no meio da profecia, esses anjos poderosos apareceram. Eu fui para traz do púlpito e pensei que fosse cair. Eu estava completamente acordado, mas isso tudo estava acontecendo no Espírito. Um tipo de poder me ajudou a não cair e fiquei imaginando o que estava acontecendo. Então, de repente, o primeiro anjo à minha direita disse: "Nós somos 5 anjos dos cinco continentes. Estamos aqui para dar mensagens dos cinco continentes do mundo". No momento em que eu ouvi isso, também ouvi a multidão clamar: "Ohhh! Ohhh! Ohhh!" Acredito que a multidão também viu estes anjos. De algum modo o Senhor me mostrou que nos dias que estão por vir, em muitas partes do mundo, Ele vai Se revelar através do ministério de anjos ao mesmo tempo. Eles estarão ministrando ao Corpo nestes últimos dias. Então veio essa mensagem dos anjos: "O que você vir e ouvir, conte as nações". Então não é algo para guardar para mim mesmo. Quer aceitem quer não, tenho que contar as nações.

PRIMEIRO ANJO

O primeiro anjo disse: "Eu tenho uma mensagem para toda Ásia". Quando ele disse isso, em uma fração de segundos, pude ver toda China, Índia, os países asiáticos como Vietnã, Laos - nunca estive nesses países. Eu vi as Filipinas, Japão, Singapura, Malásia e Indonésia. Então o anjo me mostrou toda a Papua Nova Guiné, Irian Jaya e descendo até a Austrália e Nova Zelândia. "Eu sou o anjo da Ásia", ele disse. Em sua mão vi uma tremenda trombeta que ele vai soprar por toda Ásia. Tudo o que o anjo disse vai acontecer com a trombeta do Senhor por toda a Ásia. Milhões ouvirão a poderosa voz do Senhor. Então o anjo disse: "Haverá desastres, fome - muitos morrerão de fome. Ventos fortes soprarão como nunca antes. Uma grande parte será abalada e destruída. Terremotos acontecerão por toda Ásia e o mar cobrirá a terra." Vi isso em 20/06/98. Hoje é 16/08/98. Há algumas semanas ouvi a notícia de vilas completamente arrasadas e arrastadas para dentro do mar em Paua Nova Guiné. Milhares de vidas em grande caos. Isso aconteceu algumas semanas atrás, e o anjo me disse que vai acontecer por toda Ásia. "A terra vai cair dentro do mar". Ouvi o anjo dizer: "Parte da Austrália será sacudida. A Austrália será dividida e grande parte ficará submersa no oceano". Isso foi assustador - imaginei se estava ouvindo corretamente. Mas o Anjo disse: "Milhões morrerão na China e na índia. Nação será contra nação, irmão contra irmão. Asiáticos lutarão uns contra os outros. Armas nucleares serão usadas, matando milhões". Duas vezes ouvi a palavra "Catastrófico! Catastrófico" Então o anjo disse: "Crise financeira chegará até a Ásia. Eu sacudirei o mundo". Eu estava tremendo enquanto o anjo estava falando. Então ele me olhou, sorriu e disse: "Haverá o maior avivamento espiritual - cadeias serão quebradas. Barreiras serão removidas. E por toda Ásia - China - Índia - pessoas se voltarão para Cristo. Na Austrália haverá um tremendo avivamento". Ouvi o anjo da Ásia dizer. È a última colheita". Então, como se fosse o Senhor falando, ele disse: "Devo preparar Minha Igreja para o retorno de Cristo". Estava feliz com estas boas novas da mensagem de juízo. Todo o tempo em que os cinco anjos estiveram no meu quarto pude sentir suas presenças - foi tremendo.

SEGUNDO ANJO

Então eu ouvi que o segundo anjo tinha nas mãos, do tipo que é usado na ceifa. O segundo anjo disse: "É chegado o tempo da ceifa em Israel e em todos os países por todo o caminho até o Irã". Vi estes países em uma fração de segundos. "Toda a Turquia e aqueles (inaudíveis) países que recusaram a minha mensagem de amor deverão odiar um ao outro e matar um ao outro". Vi o anjo erguer a foice e desce-la por sobre todos os países do Oriente Médio. Vi o Irã, Pérsia, Armênia, Azerbaijão, toda Geórgia - Iraque, Síria, Líbano, Jordânia, Israel, toda a Ásia Menor - cheios de sangue. Vi sangue em todos esses países. Vi fogo; armas nucleares usadas em muitos desses países. Fumaça subindo de todo lugar. Destruição súbita - homens destruindo uns aos outros. Ouvi essas palavras. "Israel, Oh! Israel, o grande julgamento chegou". O anjo disse. "Os escolhidos, a Igreja, Os remanescentes, deverão ser purificados. O Espírito de Deus deverá preparar Seus filhos". Vi fogo subindo aos céus. O anjo disse: "Esse é o julgamento final. Minha Igreja deve estar purificada, protegida e pronta para o final. Homens morrerão de sede. Água se tornará algo escasso por todo Oriente Médio. Os rios secarão e homens lutarão por água nesses países". O anjo me mostrou que as nações Unidas deverá ser quebrada em pedaços por causa da crise no Oriente Médio. Não haverá mais Nações Unidas. O Anjo com a foice deverá fazer a colheita.

TERCEIRO ANJO

Então um dos três anjos com asas me mostrou a Europa de uma ponta a outra - do norte descendo até a Espanha e Portugal. Em suas mãos ele tinha uma escala de medida. Eu o vi voar sobre a Europa e ouvi as palavras: "Estou angustiado. Estou angustiado. Injustiça, Impureza, Impiedade - por toda Europa. O Pecado se elevou aos Céus. O Espírito Santo está angustiado". Vi os rios da Europa transbordando e cobrindo milhões de casa. Milhões de afogamentos. Depois de ter visto isso algumas semanas atrás, li que a Tcheco-Eslováquia teve a pior enchente de todos os tempos. Também ouvi que o grande rio da China está ameaçando transbordar inundando e destruindo milhares de casas. Não sabia dessas notícias até Ter tido aquela visão e ouvido as palavras que os anjos tinham para mim. De repente ouvi de terremotos por toda Europa. "Países que nunca tiveram terremotos serão abalados", disse o anjo. E de repente, em meu espírito, vi a Torre Eifel em Paris se dobrando e caindo. Uma grande parte da Alemanha destruída A grande cidade de Londres - destruição por toda parte. Vi enchentes por toda Escandinávia. Olhei para o sul e vi a Espanha e Portugal passando fome e grande destruição. Muitos morrerão de fome por toda a Espanha e Portugal. Estava perturbado com todas essas notícias e disse: "Senhor, e quanto a teus filhos?" O anjo disse: "Eu devo prepara-los. Eles devem aguardar a volta do Senhor. Muitos clamarão por mim nestes dias e vou salva-los. Farei milagres poderosos por eles e mostrarei o Meu poder". Então, em meio a grande destruição, haverá a graça de Deus nestes países. Fiquei feliz que Deus tem Sua proteção sobre Seus filhos.

QUARTO ANJO

Agora vamos para a África.
Vi o quarto anjo com asas voar sobre a África e pude ver desde a cidade do Cabo no Sul até o norte do Cairo - vi todos os países lá, mais de 50 deles. O anjo da África tinha uma espada na sua mão - uma tremenda, afiada espada. De repente eu o ouvi dizer: "Sangue inocente foi derramado. Divisões no meio do povo, gerações longe do Senhor - eles se mataram uns aos outros, milhares de pessoas. Vi meus fieis filhos na África e Controlarei o clima - tormento e queimaduras do sol em algumas partes. Grandes rios secarão e milhões morrerão de fome. Em outras partes, inundação. Fundações serão abaladas. Minha espada julgará a injustiça e a sede de sangue. Então muitos terremotos acontecerão de tal modo que rios fluirão em diferentes direções no continente, inundando muitos vilarejos". Vi grandes pedaços caindo do céu sobre diferentes partes da África. "Haverá tremor de terra como nunca visto desde a criação. Ninguém escapará da espada do Senhor". Vi o Rio Nilo secar. Ele é o Deus do Egito. Peixes mortos e cheirando mal por todo o Egito. Uma grande parte da África Central será coberta com Água - milhões morrendo. "Senhor", disse, "São só más notícias. Só destruição, nenhuma boa notícia? "O Senhor disse: "O Dia Final chegou. O Dia do Juízo está aqui. Meu amor foi recusado agora e o fim chegou". Estava sacudindo e tremendo. Pensei que não pudesse suportar isso.

QUINTO ANJO

Então vi o último anjo voar sobre a América do Norte e do Sul - todo mundo desde o Polo Norte até embaixo na Argentina. Do este dos EUA até a Califórnia vi em sua mão uma tigela. O anjo que derramaria sobre estes países os juízos que estavam na tigela. Então vi o anjo dizer: "Não há mais justiça! Nenhum direito! Nenhuma santidade! Idolatria! Materialismo! Alcoolismo! Servidão ao pecado! Derramamento de sangue inocente - milhões de bebes sendo mortos antes de nascerem. Famílias estão quebradas. Uma geração adúltera! Sodoma e Gomorra estão aqui! Os dias de Noé estão aqui! Falsos pregadores! Falsos profetas! Recusando meu amor! Muitos deles tem imitação de religião, mas negam o Poder real. Quando ouvi tudo isso, implorei ao anjo: "Você não pode esperar um pouco mais? Não derrame isso. Dê uma chance para arrependimento". O anjo disse: "muitas vezes Deus tem poupado e falado, mas eles não ouviram. Sua paciência chegou ao fim. Prepare-se, o tempo chegou. Eles amaram o dinheiro e prazer mais que a mim". Quando o anjo começou a derramar a tigela da sua mão, vi icebergs tremendos dissolverem. Quando isso ocorreu, vi inundações por todo o Canadá e América do Norte - todos os rios transbordando; destruição por toda parte. Ouvi o mercado em colapso com grandes terremotos e os arranha-céus de Nova Iorque caindo - milhões morrendo. Vi navios no oceano sucumbindo. Ouvi explosões por todo o norte do país. Vi o anjo derramando sobre o México e os 2 oceanos se ajuntando: O Atlântico e o Pacífico. Uma grande parte do norte do Brasil coberto de água; o rio Amazonas tornando-se um grande mar. Florestas destruídas e afundadas. As maiores cidades do Brasil destruídas; terremotos em muitos lugares. Quando o anjo derramou, grande destruição ocorreu no Chile e Argentina como nunca antes. O mundo todo estava sacudindo. Então ouvi o anjo dizer: "Isto vai acontecer dentro de pouco tempo" Eu disse: "Você não pode adiar? Não derrame essas coisas por todo o globo". E de repente vi os cinco anjos de pé em volta do globo levantando suas mãos e suas asas para o céu e dizendo: "Toda glória ao Senhor do céu e da terra. Agora o tempo chegou e Ele glorificará Seu Filho. A terra será queimada e destruída. Todas as coisas passarão. O novo céu e nova terra virão. Deus destruirá o trabalho do diabo para sempre. Mostrarei meu poder - como protegerei meus filhos em meio a toda essa destruição." Esteja pronto para este dia, pois o Senhor chegou. Meu quarto estava cheio da luz do brilho dos anjos. Então, de repente eles ascenderam ao céu. Quando olhava para cima vi os anjos indo nas cinco direções. Sei que eles já começaram suas tarefas. Por mais de uma hora não pude me mover. Estava completamente desperto, tremendo de tempos em tempos. Disse: "Senhor, devo sair de Patmos agora?" Ele disse: "Não, Eu te trouxe aqui com um propósito". Disse: "A mensagem dos anjos por todo o mundo não são boas novas. É julgamento, punição, destruição, devastação. O que as pessoas vão dizer de mim? Sempre preguei sobre o amor, paz e boas novas" O anjo disse: "Essa é nossa mensagem. Você é o instrumento, o canal. Que privilégio Deus Ter escolhido você para dar esta mensagem às nações". Disse: "Senhor, seja feita a Tua vontade". A Deus Seja a glória!. "

**      **


Comentários (meus) sobre o "O Primeiro Anjo - Ásia"


- "Então, o anjo disse: "Haverá desastres, fome -- muitos irão morrer de fome.”" -

Desastres estão mesmo ocorrendo, em uma escala maior que antes, isso também devido ao forte crescimento populacional e a integração mundial, que empurra o homem para áreas mais sujeitas a fenômenos extremos. E apesar da explicação racional, aparentemente tem havido mais tremores e tsunamis na Ásia. Considerando que o texto do Dr. e Pastor Samuel Doctorian foi escrito em 1998, basta vermos o exemplo do tsunami da Indonésia , que matou mais de 230 mil pessoas em 2004.




Mas sobre a fome, a indicação é clara e fala do aumento do problema, e sobre isso podem haver duas explicações básicas: crises econômicas e/ou mudanças climáticas. 

Na verdade as mudanças climáticas pode ser a causa da crise econômica prenunciada, e esta crise será a pior delas, porque não irá se tratar de falta de mercado, mas de falta de produção. As pessoas terão o dinheiro mas não terão o que comprar.

O próprio texto indica a ligação entre as fenômenos climáticos e crise econômica, e mais abaixo há comentários específicos sobre isso.


Aqui mesmo no Brasil já falta água nas duas maiores cidades do País, São Paulo e Rio de Janeiro. 

O Rio de Janeiro se aproxima de um cenário de contenção de consumo, mas São Paulo já vive um racionamento, e praticamente não tem reservas de água que dê vazão a produção industrial e a agropecuária no Estado. Sem produção não há empregos, e se considerarmos este cenário para um País ou para o Mundo, vemos que o problema é muito grave.


- "Ventos fortes soprarão como nunca antes" -


As mudanças climáticas poderão provocar mais fenômenos atmosféricos extremos, como furacões tufões e tornados. Isso já está bem conhecido, e temos tido ocorrências de maior impacto destes fenômenos.

Mas além disso, pode estar se referindo ao próprio processo de Verticalização do Eixo Imaginário, e o termo "ventos" pode estar sendo usado como uma analogia. Um vento forte derruba ou desloca os objetos em seu caminho, e a analogia seria justamente pela derrubada das estruturas físicas atuais de nosso Mundo, nossas construções, nossas cidades, nossa infra-estrutura.


"Milhões morrerão na China e na Índia. Nação se levantará contra nação, irmão contra irmão. Os asiáticos guerrearão uns contra os outros. Deverão ser usados armamentos nucleares, matando milhões de pessoas". -


A China e Índia eram nações tradicionalmente inimigas e somente recentemente houve uma surpreendente aproximação entre elas. 



Ambas tem muito em comum e deverão sofrer as consequências da diminuição das capas de gelo do Himalaia, pois assim como a China, a Índia depende deste processo para alimentar seus principais rios e com isso fornecer o recurso água as suas indústrias e produção agrícola e pecuária. E também para prover água a sua população de 1,3 bilhão de pessoas. A China tem 1,4 bilhão de habitantes, portanto somadas as nações tem quase 39 % da população mundial atual.



Podemos antever problemas econômicos e sociais gravíssimos com o desemprego e a escassez de água e alimento.



Por fim, cabe lembrar que “quem tem arma morre lutando”, não definha até sucumbir. Os dois países tem fortes exércitos e são potências nucleares.



-  "A seguir, o anjo disse: "Crises financeiras acontecerão na Ásia. Elas abalarão o mundo" -

Indica algum evento conjuntural, não sazonal. São crises, não uma crise. Está em conformidade com o dito acima sobre as mudanças climáticas, embora possam haver outras razões para as crises.

A China é o maior credor do Mundo, e é o trator econômico da Ásia. Se quebrar leva com ela toda a região e vários países de outros continentes. Só a divida do EUA com a China, ultrapassa US$ 1,3 trilhão. (quase US$ 1,000 por cidadão chinês números de 2013)


"Vai haver o maior avivamento espiritual -- prisões serão quebradas. Barreiras serão removidas. E por toda a Ásia - China - India - pessoas se voltarão para Cristo.” -


É fácil compreender que muitos, diante do caos, buscarão a DEUS. Mas me parece algo pós-conflitos, não anterior a eles. O sistema atual ruirá e depois do caos um nova ordem será estabelecida. Esta é uma das derradeiras promessas proféticas.

Vejam que curiosa a menção do vidente norte-americano Edgar Cayce, sobre a China, feita em 1944: " .. a China um dia seria "o berço do Cristianismo quando [será] aplicado na vida dos homens"."


- "Uma grande parte será sacudida e destruída. Ocorrerão terremotos por toda a Ásia e o mar cobrirá a Terra." -


Boa parte da Ásia é área sujeita a terremotos, isso é amplamente conhecido.



Se ligarmos este comentário ao anterior sobre a Verticalização do Eixo Imaginário, pode-se compreender “sacudida e destruída” como uma consequência deste processo, que também deverá alterar a distribuição de águas e terras secas de nosso Mundo.



Então grandes terremotos e tsunamis estão previstos nesta frase, e mesmo que os consideremos isoladamente, digo, fora do processo de Verticalização, sabemos que boa parte da Ásia é sujeita a estes eventos, e isso por si só evidencia a “fragilidade” daquelas terras em relação a fenômenos geológicos.



"Parte da Austrália será abalada. A Austrália será dividida e uma grande parte dela mergulhará no Oceano." -


Isso parece estar mesmo ligado a questão da Verticalização, pois há Supostos Mapas proféticos que mostram as alterações nas massas continentais após o processo, e que exibem a Austrália dividida.


Suposto Mapa Mundi pós tribulação, de autoria de Lori Toyle




Comentários sobre o "O Segundo Anjo - Israel e em todos os países até o Irã"


- "Ele disse: "Chegou o tempo da colheita em Israel e nos países em todo o percurso até o Irã." -


Isso pode referir-se ao cenário da guerra do anticristo, mas também pode se referir a luta entre Sunis e Shias, e também dos grupos radicais islâmicos como o ISIS, a Al-Qaeda ou os Talibans.


Sobre o anticristo, isso é melhor tratado nos textos "O Papa e o anticristo", "Apocalipse, Capítulo 17" e "A besta que você viu, era e já não é".


Mas cabe comentar que a área geográfica que o Dr. Samuel cita, é a mesma área geográfica indicada nas Hadiths (Islam) como o local de surgimento e ascensão do anticristo, chamado no Islamismo de al-masih ad-dajjal (falso messias, o impostor). E que pelo menos Isaías, Daniel e Ezequiel, profetas bíblicos, citam a mesma região, sendo que Ezequiel cita povos e com isso, podemos aferir a região.

Não seria difícil para o Dr. Doctorian, teólogo e Pastor criado no Oriente Médio, obter esta informação ao consultar as mesmas fontes, ou seja, a Bíblia e o Corão.


"Ele surgirá entre Shaam e o Iraque, ...
Al-Shaam

Profeta Daniel                                                                        Profeta Isaias
                                     
       área de onde surgirá o "chifre muito pequeno".                                                       Assíria


Mapa aproximado das etnias citadas pelo Profeta Ezequiel




Mas nem Doctorian e nem nenhum outro poderia imaginar o ISIS no ano de 1998, ocupando a mesma região indicada há milhares de anos pelas fontes citadas. 

Se era impossível faze-lo em 1998, como seria possível faze-lo há três mil anos?! Então cabe prestar a atenção nas ações deste grupo, que em árabe se denomina "ad-Dawlah al-Islāmīyah fī al-‘Irāq wash-Shām" ou "Estado Islâmico do Iraque e Al-Shaam".

ISIS - território controlado atualmente                                                              ISIS - Projeção territorial
                                      


Situações sobre “fogos”, "sangue" e “mortes”, bem, tudo isso está no contexto do personagem bíblico anticristo, também porque são aspectos inequívocos de conflitos bélicos de qualquer natureza. Podem ser a indicação de conflitos futuros, mas também de conflitos atuais, já que o texto foi escrito há quase 17 anos.

Não havia o ISIS, não havia Al-Qaeda realizando atentados regionais e globais, não haviam insurreições na Libia, nem na Síria, nem no Egito como aconteceu em 2013, e nem no Iraque ou no Yemem.. Não havia ainda ocorrido a "Primavera árabe", enfim, várias coisas ocorreram na região desde que este texto foi escrito, e que podem se encaixar nas descrições feitas.

Mas algumas coisas apontam para o cenário futuro, por exemplo, a citação sobre Israel e a “sua hora”. Isso está implícito no cenário do anticristo, pois Israel será um alvo preferencial, assim como Roma. Ambos são citados de forma recorrente no Apocalipse e em outros textos proféticos.

Outra indicação de cenário futuro é "Água se tornará algo escasso por todo Oriente Médio. Os rios secarão e homens lutarão por água nesses países".

Como não chegamos ainda a este cenário, embora já hajam problemas, isso indica nosso futuro, e de alguma forma parece ter ligação com a Sexta Taça da Revelação a João.

"E o sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis do oriente." (Apocalipse 16:12)


- "O anjo me mostrou que as Nações Unidas deverá ser quebrada em pedaços por causa da crise no Oriente Médio." -


É fácil entender que a ONU só subsiste porque os Países membros a financiam, e com graves problemas econômicos, este suporte tenderá a diminuir, e com isso o poder de atuação do Organismo internacional.

Mas o que me parece claro no texto é que a Organização se tornará impotente, diante dos conflitos no Oriente Médio, e perderá sua relevância.


Comentários sobre o "O Terceiro Anjo - Europa"


Vi os rios da Europa engrossarem e cobrirem toda a Europa. Milhões de pessoas se afogarão.” -


Isso é o mesmo fenômeno citado para a China e a Índia, pois boa parte dos rios da Europa são formados pelo ciclo de gelo-degelo dos Alpes, Apeninos, Pirineus e etc.. .


Enchentes de Alemanha


Devido a mudança climática, o degelo se intensificará e a caudalosidade dos rios aumentará, provocando grandes inundações no Continente. Isso já ocorre, é sazonal mas está se intensificando, e o texto indica que irá se intensificar ainda mais. Isso é o lógico, mais derretimento é igual a mais água, até que nenhuma ou quase nenhuma neve ou gelo seja acumulado, devido ao aumento da temperatura global.

As citações sobre inundações na Escandinávia, Alemanha e Inglaterra também passam por este processo, e os supostos mapas proféticos indicam que estas áreas sofrerão mudanças enormes.


"Países que nunca sofreram terremotos serão abalados" -


Isso mais uma vez pode estar ligado ao processo de Verticalização que já comentamos, mas de alguns anos para cá, existe uma certa "sensação" de que tem havido mais tremores no Mundo.


Mudanças climáticas tem o potencial de aumentarem o número de terremotos, portanto esta nossa "sensação" pode ter razão de ser, e justificar as palavras acima do Dr. Doctorian.

Até mesmo o Brasil, terra geologicamente estável e que tradicionalmente atribui-se que não há terremotos, eles tem ocorrido, pequenos e quase não causam danos, mas ocorrem. Há duas décadas não ouvíamos falar nisso, hoje temos estações de monitoramento em nível nacional. Basta olhar a tabela de eventos no Brasil, e verificar que nos últimos anos tem havido mais tremores.



- "Olhei para o sul e vi a Espanha e Portugal passando fome e grande destruição." -

Sobre isso, a situação narrada pode estar em ambos os contextos, o das mudanças climáticas e o das mudanças geofísicas extremas, promovidas pela Verticalização.



LEIA TAMBÉM




Comentários sobre o "O Quarto Anjo - África"


"Sangue inocente tem sido derramado. Divisões entre os povos -- gerações longe do Senhor -- eles têm se matado uns aos outros, milhares de pessoas.” -


Uma das referencias que eu considero a mais diretas, pois fala de forma clara sobre as lutas étnicas e religiosas que ocorrem com frequência na África.



Sudão, Nigéria, Etiópia, Eritréia, Egito, Líbia, enfim, disputas religiosas ou entre etnias tem sido travadas em vários países da África, tanto no passado como atualmente.



A maior tragédia da história recente, neste sentido, ocorreu em Ruanda em 1994, aonde mais de 800 mil pessoas foram chacinadas em poucos meses, por lutas entre os Tutsis e Hutus.



As Aparições Marianas de Kibeho,  em 1981, devidamente documentadas, previram este morticínio.


Nsa. Sra. de Kibeho


Atualmente os maiores problemas são na Libia, Sudão e Nigéria. No primeiro, facções tribais lutam entre si para obter o poder no País, assim como no Sudão, que se dividiu para acabar com a guerra e mesmo assim ela permanece. Na Nigéria, o terrorismo islâmico do Boko Haram está levando o País a uma guerra civil. 


Mas vários outros países não citados, ou estão em conflito limitado ou possuem o potencial reprimido de conflitos étnicos e religiosos generalizados, que podem tomar grandes proporções por variadas razões.


- “Vi o Rio Nilo secar" -


O Rio Nilo nasce no Lago Vitória em Uganda, no centro da África.



O Lago por sua vez depende da “alimentação” por outros rios menores, e estes por sua vez dependem da manutenção de suas nascentes e também do ciclo sazonal de chuvas no continente.



Pode-se supor que, diante das alterações do clima global e da devastação ambiental, este ciclo de chuvas seja minorado, e que isso trará problemas para a “alimentação” das nascentes, comprometendo o espelho d´´agua do lago.



Como consequência o Rio Nilo poderá ter seu nível de água diminuído, já que cruza 10 países e o consumo de suas águas tende sempre a aumentar nos países que ele banha.



Atualmente no Brasil vivemos um processo parecido com o Rio São Francisco. A degradação dos mananciais tem feito o rio chegar a níveis baixíssimos de espelho d´água, nunca antes vistos.

Ponte de Bom Jesus da Lapa sobre o Rio São Francisco, Bahia, Brasil



Tenho visto os meus filhos fiéis na África e recompensarei toda a fidelidade no continente da África.” -

É fato notório que o continente aonde o cristianismo mais cresce é a África, e disso também demanda a reação violenta de grupos extremistas não cristãos.


- Eu controlarei o clima -- sol ardente e escaldante em algumas partes. Grandes rios se secarão, e milhões morrerão de fome. Em outras partes, inundações.” -


Conforme comentado mais acima, este trecho não deixa dúvidas que se trata das alterações climáticas e suas consequências. Como os eventos são os mesmos em todos os locais, secas, enchentes, fome, tanto na Ásia como na Europa e na África, podemos perceber que tratam-se das mesmas causas.


Acontecerão tantos terremotos que os rios fluirão em diferentes direções no continente, inundando muitas aldeias". Vi grades destroços caindo dos céus sobre diferentes partes da África. "Haverá tremor na Terra como nunca houve desde a criação. Ninguém escapará da espada do Senhor". Grande porção da África central será coberta pela água" Senhor" ..."O dia final chegou. O dia do julgamento está aqui.” -


Novamente a coincidência sobre os supostos mapas proféticos, pois alguns deles mesmos mostram o continente africano atravessado por um mar. 


Suposto Mapa profético do vidente norte-americano 

Suposto Mapa profético, de Lori Toyle



Sobre terremotos e a própria divisão abrupta do continente, somente a Verticalização pode explicar isso, e a citação “O Dia final chegou”, evidencia que se trata mesmo do ápice dos acontecimentos.


- "Vi grandes pedaços caindo do céu sobre diferentes partes da África." -


A citação indica algo caindo do Céu sobre o continente, e isso só pode ser duas coisas: 

- erupções vulcânicas expelindo material;
NEOs, Objetos próximos a Terra caindo no Continente.

Sobre Erupções Vulcânicas, a África possui 24 vulcões, espalhados ao longo do complexo de falhas geológicas chamado de Vale do Rift. Na verdade a falha está literalmente rasgando o continente africano, e a região se tornará um braço de mar em alguns séculos.


Vale do Rift   
      

O Corão nos diz sobre os grandes sinais da proximidade do Quiyamah ou Dia do Julgamento, que um destes sinais será "Um fogo de grandes proporções deflagrará em Aden na parte sul do Iêmen, empurrando as pessoas em direção a Síria."

A citação está se referindo a cidade de Aden, que fica ao sul do Yemen sobre um vulcão considerado extinto, ou ao Golfo de Aden. O Golfo tem este nome devido a cidade.


Na região está a Cadeia Meso-Indica de montanhas vulcânicas, que se estende do Oceano Pacífico Sul através do Oceano Índico, até o Golfo.

Portanto a ideia de algum evento disparando erupções vulcânicas por toda a região, tem respaldo profético e também prático, porque se imaginarmos uma erupção vulcânica tão grandiosa a ponto de fazer as pessoas se deslocaram em direção a Síria partindo do Yemen, para se sentirem seguras, é muito provável que a África também seja atingida pelo mesmo evento. seja na forma de erupções locais, seja na forma de detritos vulcânicos partindo do Yemen, Mar Vermelho e Arábia Saudita.

A Arábia Saudita não será um local seguro, pois as pessoas só se sentirão seguras próximas a Síria, segundo o relato, portanto o alcance deste fenômeno será grandioso. A Arábia Saudita possui vários vulcões, e as camadas de magma está interligadas em toda a região, inclusive com a África.



Sobre Objetos próximos a Terra,  Benjamin Solari Y Parravicini, vidente argentino de renome e grande percentual de acertos, relata em um de seus desenhos premonitórios:  "Cai sobre a terra no dia 5 do 5 de cincos o golpe de fogo estelar. Cairá nas regiões de Gibraltar e nas ilhas Baleares. Três dias lá, dois na América do Norte e, finalmente, um dia de cinco horas nas Antilhas. O fogo purificará!" (1938)


Como sabemos, o estreito de Gibraltar separa a Europa da África, e as Baleares ficam no Mediterrâneo, próximo a Espanha. Não é difícil conceber que se um objeto maior pode cair, que seja possível que gere detritos que caiam em locais próximos, neste caso no Continente africano. O próprio desenho de Parravicini deixa claro que não é apenas um objeto que cai, então podem ser vários objetos ou ainda um objeto maior que se fragmentou. No desenho são exibidos 7 fragmentos, a narrativa parece indicar 5 fragmentos em direção a Terra ("... de cincos"), e narra a localização da queda de 4 deles.

Dentre outras fontes paralelas sobre o assunto, a vidente cristã norte-americana Jeanne Dixon narra a queda de um objeto: "Ocorrerá algo que abalará literalmente a Terra... um fenômeno natural que, creio, será a intervenção divina, algo como um meteoro".

Já o Padre italiano São Pio de Petrelcina, canonizado pelo Catolicismo por João Paulo II, afirma: "Um meteoro cairá sobre a Terra e tudo estremecerá.".

Cabe comentar que o choque de NEOs, além de todos os problemas decorrentes da queda, dependendo de seu tamanho, composição e local de choque, pode provocar ondas de choque no manto e provocar o vulcanismo.



Comentários sobre o "O Quinto Anjo - América do Norte e do Sul"


-  Vi o anjo derramar a taça sobre o México e os dois oceanos se juntaram - o Atlântico e o Pacífico. Uma grande parte do Norte do Brasil coberta de água - o rio Amazonas transformando-se num grande oceano. Florestas destruídas e inundadas. As principais cidades do Brasil destruídas - terremotos em muitos lugares. Quando o anjo virou a taça, grande destruição sobreveio ao Chile e Argentina, como jamais houve." -

Novamente parece ser a questão da Verticalização do Eixo imaginário, e mais uma vez estas alterações geográficas citadas estão de acordo com os supostos mapas proféticos.
Suposto Mapa profético do Sudeste do Brasil, 
do vidente norte-americano Gordon Michel Scallion



O Chile, segundo estes supostos mapas, sofrerá enorme impacto, e a Argentina terá um braço de mar avançando por onde é hoje a Bacia do Prata. A América Central praticamente desaparece, tornando-se um arquipélago, e o Rio Amazonas torna-se um braço de mar, criando um mar interno no Norte do nosso País.


Suposto Mapa profético do vidente norte-americano



- "vi icebergs tremendos dissolverem. Quando isso ocorreu, vi inundações por todo o Canadá e América do Norte - todos os rios transbordando; destruição por toda parte" -

O mesmo que a narrativa diz para a Ásia e Europa, ou seja, mudanças climáticas, derretimento de geleiras e glaciares, e inundações.


"A Terra será queimada e destruída. Todas as coisas passarão. Virão os novos céus e nova Terra." -

São "Novos céus" porque a posição relativa de nosso Mundo será alterada (Verticalização do Eixo), e a visão do céu que temos hoje será alterada. "Nova terra" porque a distribuição de terras secas e água será modificada. 

No processo, toda a nossa infraestrutura irá ruir ("A Terra será queimada e destruída.")



***   ***


Do Pastor Caio Fábio



"O que eu acho?

1. Acerca da mensagem que Samuel Doctorian alega ter recebido em Patmos: Li o texto quando ele começou a circular na Internet há uns três anos. Achei o texto triste, infantil, insatisfeito com as catástrofes já estabelecidas na Bíblia, e profundamente impressionado pela própria mente do autor: o irmão Samuel Doctorian. Portanto, quando li, lamentei. Para mim parecia que o amado irmão havia surtado. Soou-me como uma espécie de “A Última Trombeta”—o disco que tocava muito na década de 60 no meio evangélico e que simulava o “arrebatamento da igreja”—só que extremamente mais tomado de pretensões que não lhe deveriam caber. Enfim, senti muita tristeza pela pretensão autoritativa com a qual o texto foi escrito, e pela infantilidade espiritual de seu conteúdo; e expressei abertamente a minha opinião a tantos quantos me perguntaram. Pessoas têm e-mails meus dizendo a elas exatamente o que agora digo aqui.

2. Acerca da declaração de que Samuel Doctoriam é um herege: Acho herética a tal declaração. Samuel cometeu heresia no texto que escreveu, mas está longe de ter negado a fé. Ele ama a Jesus. E está sob a fé na Graça de Deus em Jesus Cristo. O texto de Samuel Doctorian precisa ser separado da vida dele. Conheço-o há trinta anos. Talvez, no Brasil, ninguém saiba tanto acerca da humanidade e das fragilidades dele quanto eu. Nunca o tratei como um “santo”, mas como um homem que pregava o evangelho com amor e simplicidade. Há milhares de pessoas no mundo inteiro que genuinamente já foram abençoadas pela Palavra da Graça de Deus que ele pregou e prega—entre quais me incluo, pois recebi tais benefícios no início de minha vida de fé, em Manaus-1973. Portanto, declará-lo um herege é forte, perigoso e impiedoso. Que se declare que o Texto de Pátmos é apócrifo e que não se sustenta conforme a própria Escritura nos ensina a discernir qualquer mensagem. Mas comentários deste gênero cabem ser feitos todos os domingos em milhares de púlpitos presbiterianos. O Pedro que recebeu a afirmação de ter declarado a Revelação do Pai, é o mesmo que a seguir ouve um sonoro “Arreda Satanás”. Mas Pedro não foi considerado um herege, apenas falou uma heresia. Herege é todo aquele que nega a fé. Não é o caso de Samuel Doctorian.

3. Acerca do Documento escrito pela Comissão designada pela IPB: O espírito do texto é legalista, intensamente hostil, passa uma energia sherifesca, é ofensivo em alguns tratamentos, é destituído de misericórdia, e deseja francamente “colar” uma “marca” em Samuel Doctorian por razões que transcendem a “sã doutrina”. Trata-se, claramente, de um instrumento político para atingir o ex-Presidente do Supremo Concílio da IPB, Reverendo Guilhermino Cunha. Quem conhece o jogo de poder nos bastidores da Instituição não lê um texto teológico; lê, sim, um ato político de vingança e humilhação; sem falar que soa como se para alguns parece ter chegado a hora de colocar a Catedral do Rio nas mãos de algum Reverendo Puritano Fundamentalista Legalista Desumano e Coveiro de igreja. Quem conhece Guilhermino Cunha sabe que ele é um homem crente, e que ligou-se ao Reverendo Samuel Doctorian por laços de carinho e amizade, mas não por concordar com tudo o que ele diz. Nesses quase 27 anos de amizade com o Reverendo Guilhermino nunca o vi ter a menor tendência que fosse para qualquer tipo de exagero. Desejar fazer dele o promotor de heresias é, indubitavelmente, uma motivação de natureza política.
Acho tudo triste!
Um monte de gente grande brigando essa briguinha que mereceria no máximo algo como: “Meu irmão! Cuidado com a divulgação dessa mensagem porque ela não é sadia. Você já prestou atenção?” Garanto que um “toque” desse mudaria tudo. Mas não foi assim. Havia disputas internas, de natureza política, e, a tal profecia se encaixou como uma luva para justificar as ameaças e repreensões. O texto é uma obra de vingança. Seu tom revela os ânimos que estão por trás dele, e, como já disse, ninguém que conheça os bastidores poderá negar a verdade destas minhas palavras.
Tudo criancice!
Com tanta crise em volta, e com tantos desafios, é inconcebível que a IPB deseje agora investir contra ela mesma.
Se o fizer estará iniciando um processo autofágico, cujas conseqüências, nos dias de hoje, jamais poderão ser medidas pelos exemplos do século 19 evocadas pelas memórias dos escribas que produziram aquela obra de vingança política com armas teológicas.

Com todo meu respeito, é isto que penso.

Nele, que não nos salvou para combates fraticidas,

Caio"


**

Do Pastor Caio Fábio



"Querido amigo Graça e Paz! 

Desde o Tsunami asiático que não paro de receber e-mails acerca do assunto, e, também, vejo que na alma evangélica isso fez ressuscitar "O Apocalipse de Doctorian", o qual, para muitos, parece ter suas profecias sendo "cumpridas" no Tsunami asiático, o qual validaria as vidências por ele trazidas. Aqui, aproveitando a sua carta, desejo esclarecer algumas coisas acerca do Reverendo Samuel e de sua profecia, bem como acerca do que penso sobre o Apocalipse e sobre as catástrofes recentes. I. Quanto ao Reverendo Samuel Doctorian: Primeiro devo dizer que ele não é meu pai na fé, como se alardeia por aí (Inclusive, em cada texto do "Apocalípse de Samuel Doctorian" que eu recebo, sempre vem na introdução dito que ele é meu pai na fé, como se isso significasse alguma coisa). Meu pai o conheceu antes de mim, e, naquele tempo, eu não era ainda convertido. Fui apresentado a ele no início de 1973, e vim a encontrar o amor de Deus conforme o Evangelho, em Jesus, alguns dias depois de haver encontrado o Rev. Samuel a primeira vez, quando apenas apertei a sua mão na porta da casa de meus pais. Não houve nenhuma conversa entre nós na primeira ocasião; afinal, um homem como ele, naquele tempo, era objeto de meus preconceitos “não-cristãos”. Algum tempo depois ele voltou a Manaus e já me encontrou orando, jejuando e testemunhando para os hippies da cidade, bem como para todos. Ele ficou impressionado com a mudança e com o impacto de meu testemunho na cidade. À noite, naquele mesmo dia de sua chegada, fui ouvi-lo na Igreja Assembléia de Deus do Bairro de São Raimundo, em Manaus. Eu estava sentado lá atrás, no meio de uma grande multidão enquanto ele pregava. Então ele, lá da frente, interrompeu a sua mensagem e profetizou olhando para mim—e depois me indicando com o dedo—, dizendo que Deus me levantaria para uma obra sem paralelo, e que o país inteiro reconheceria isto; ampliando também o alcance desse impacto para vários lugares da Terra. Para mim a profecia vinha apenas aquecer o fogo que me ardia a alma, e que era a pura pulsão de todas as forças que já me moviam e me moveram no ministério a vida toda. Ou seja: naquele dia me emocionei de alegria pela "confirmação" de um sentir inarredável que estava dentro de mim, e, do qual, meu pai e amigos de oração eram e são testemunhas. Mas nada havia naquilo que o caracterizasse como "meu pai na fé". Com todo carinho que tenho por ele, nem por isso, muitas vezes, deixei de desmentir tal paternidade espiritual, e por nenhuma razão se não pelo fato de que não foi assim. Minha história de vida e conversão está escrita no livro "Confissões de um Pastor", o qual conta exatamente a história que aqui resumo. No que diz respeito à continuidade de meu relacionamento com Samuel Doctorian, devo dizer que depois desses primeiros contatos nossa comunicação foi interrompida por uma série de razões que apenas a ele mesmo dizem respeito. Todavia, mantive o carinho e o respeito. Anos depois (talvez 17 anos depois, mais ou menos), foi procurado por ele quando estava de férias na Califórnia, em janeiro de 1990. Ele foi a casa onde eu estava, acompanhado de seu filho Paulo, e conversamos sobre a vida dele durante aquele hiato e também sobre a minha. Ele se alegrou muito e me pediu para ser convidado para vir pregar ao Brasil, de onde ele estava afastado desde os episódios de 1973-74, em Manaus. Voltei ao Brasil e o convidei para vir falar num evento devocional da Vinde. Lá, naquele mesmo evento, encarreguei o Pastor João Bezerra de organizar uma agenda de pregações para ele no Brasil. Foi dali, daquele ponto, que ele voltou a circular no Brasil, depois de um longo intervalo de tempo... décadas de ausência. O Pastor Ageo Silva, que veio a casar uma de suas filhas com um filho do Rev. Doctorian, sabe exatamente como ele próprio veio a conhecer o Samuel, e pode atestar cada palavra aqui dita. Na esteira dessa vinda do Rev. Doctorian ao Brasil, meu amigo Rev. Guilhermino Cunha também o convidou para pregar na Catedral. Então vieram outros... O Jabes Alencar em São Paulo, o Pastor Paulo Brito no Rio, o Malafaia no Rio também. Além disso, muitos outros me ligavam querendo saber se eu dava boas referencias dele, e, para todos eu dizia que era um homem bom e simples, e que pregava amor e graça. Enquanto isto o Pastor João Bezerra, que trabalhava comigo há anos, se encarregava de encher a agenda dele de atividades no Brasil. Ele insistiu muito que gostaria de ir comigo a Israel em uma de minhas viagens. Ele, nesse período, foi a Israel na companhia do Pastor Paulo Brito, em cuja ocasião eu os encontrei, por acaso, nas colinas de Jericó, creio que em 1992-93... por aí. Naquele encontro ele outra vez me pediu para ser convidado para uma viagem comigo. Relutei em convidá-lo apenas porque minha maneira de explicar a "Terra Santa", bem como minha visão de Israel, não coincidiam com as visões dele, e eu não queria ter que ter o desconforto de corrigir alguma coisa durante o trajeto. Em 1994 convidei-o para voltar a um outro congresso devocional da Vinde, e que acontecia em abril, todos os anos. Foi naquele evento que ele profetizou que estavam adiante de mim 7 anos de humilhações, dores, esmagamentos e perdas totais... ao fim de cujo período Deus me levantaria e colocaria em meus lábios, com força nunca por mim antes experimentada, a mensagem da Graça, a qual eu pregava, mas que precisaria conhecer até às minhas vísceras. O povo presente se apavorou. Eu fiquei quieto e pensativo, mas depois deixei de lado a reflexão e prossegui a jornada. Ora, para quem acompanhou os fatos, não resta dúvida de que eu passei pelo Tsunami que me havia sido profetizado. Durante esses últimos 32 anos vi algumas profecias do Samuel se cumprirem e outras não. Portanto, ouço como manda Paulo, "sem desprezar", mas também sem me impressionar, jamais."



**



SC-IPB-2002 Doc. XV - Quanto aos docs. 28, da CE-SC-2002, encaminhamento do seu doc. XCIX, para pronunciamento do SC-IPB quanto aos ensinamentos e revelações do sr. Doctorian; 65, do Sínodo de Piratininga, contra os ensinos de Samuel Doctorian e denúncia contra o Presbitério do Rio de Janeiro; 98, do Sínodo de Piratininga, referente ao cidadão em epígrafe, com dados informativos sobre sua vida e formação religiosa; 126, do Sínodo de Belo Horizonte, encaminhando documento do Presbitério de Belo Horizonte, de pedido de manifestação do Supremo Concílio quanto as questões doutrinarias e de docência quanto à "Semana Doctorian", promovida pela IP do Rio de Janeiro; 127, do Sínodo de Belo Horizonte, encaminhando documento do Presbitério de Belo Horizonte, sobre a mesma pessoa e suas revelações, com pedido de providências com respeito à publicação de livro de autoria dele. CONSIDERANDO: 1. Que vários concílios têm solicitado ao Supremo Concílio pronunciamento e providências sobre os ensinos do Dr. Samuel Doctorian; 2. Que referido pregador itinerante ocupou o púlpito da IP do Rio de Janeiro, a convite de seu pastor, Rev. Guilhermino Cunha, que foi inclusive seu intérprete, proferiu palestras no Congresso Nacional da FENEP, e ainda, teve livro de sua autoria editado por nossa Editora, sem sua logomarca, supostamente com benefícios financeiros, e inobstante recusa do seu Conselho Editorial (doc. 98, anexo Secularismo no Ensino Teológico na IPB, p. 13; e doc. 127); 3. Que no site da IP do Rio de Janeiro veiculou-se intensamente o conteúdo dos ensinamentos, cujos flagrantes captados estão acostados aos vários documentos acima identificados; 4. Que a IP do Rio de Janeiro acolheu referido pregador e veiculou propaganda de seus ensinos através de fitas e de audição de suas mensagens via internet, e, mais grave, admitiu-o a ministrar sacramentos (batismo infantil e Santa Ceia), tendo sido ao final de sua pregação abençoado pelos pastores e pela congregação; 5. Que a propaganda da FENEP quanto à pessoa do indigitado cidadão depois de elogios afirma que "ouvi-lo e poder dialogar com ele, orar com ele será um raro privilegio que a IPB está proporcionando aos educadores cristãos brasileiros", conforme Brasil Presbiteriano, outubro/2001, pg. 9); 6. Que, a título de ilustração de seus ensinos, a sua profecia intitulada "Os Cinco Anjos dos Continentes", acerca dos tempos, pretensamente recebida na ilha de Patmos, em 16 de agosto de 1998, vaticina sobre a sorte dos vários continentes, afirmando morte e avivamento na Ásia e Oceania, fragmentação da Torre Eiffel por terremoto, desaparecimento da ONU, fome na África ampliada pela seca do Rio Nilo, inundação da Amazônia e destruição de metrópoles brasileiras, a demonstrar inequivocamente a sua crença em revelações extra-bíblicas, o que é de todo contrário à sã doutrina; 7. Que a CI/IPB, artigo 70, letra "a", diz expressamente que compete aos concílios "dar testemunho contra erros de doutrina e prática", RESOLVE: A. - CONSIDERAR o ensino do Dr. Samuel Doctorian assemelhado ao montanismo, tal qual definido na Pastoral sobre o Espírito Santo (Ed. Cultura Cristã, 1995, p. 16, n. 58), ao reivindicar possuir revelações superiores ao NT, contrariando a Palavra de Deus, e portanto contrário e prejudicial à suficiência das Escrituras, negando o lema da Reforma "Sola Scriptura"; B. - DECLARAR, à luz da Bíblia, inerrante Palavra de Deus, à luz da Confissão de Fé, em seu capítulo I, item 6, e à luz dos documentos doutrinários da IPB (Resolução SC-1978-036 e Pastoral sobre o Espírito Santo), que o ensino do Dr. Samuel Doctorian é herético e os que professarem ou divulgarem o conteúdo dos mesmos, por não estarem em conformidade com os ensinos da Sagrada Escritura, são passíveis de disciplina, a teor do disposto no Código de Disciplina, art. 4.º; C. - PROIBIR de toda e qualquer forma a concessão da palavra ao Dr. Samuel Doctorian na IPB, bem como a promoção, divulgação e comercialização dos ensinos, por todos os ministros, concílios e entidades, sob pena de disciplina; D. - DETERMINAR que no prazo de trinta (30) dias, a partir da publicação da presente resolução, os irmãos, concílio e entidades abaixo dêem informações quanto aos fatos narrados na presente resolução, manifestando-se pormenorizadamente sobre eles: Rev. Guilhermino Cunha e demais pastores da IP do Rio de Janeiro; Conselho da IP do Rio de Janeiro; Conselho Editorial, Superintendente e Editor da Editora Cultura Cristã e Diretoria da FENEP, à época dos fatos; E. - DETERMINAR à Mesa do Supremo Concílio que ao receber as manifestações dos indicados acima delibere a respeito, inclusive encaminhando a concílios e órgãos competentes para instauração de eventual processo disciplinar e/ou administrativo, prestando relatório circunstanciado das providências e andamento das mesmas, na reunião da CE/SC-2003; F. - ALERTAR ministros e concílios quanto ao perigo de ensinos tais e similares, lembradas as palavras de Gálatas 1.6-9 e 1 Timoteo 4.1. Aprova-se o seguinte aditivo: Que seja determinado ao órgão oficial, Brasil Presbiteriano, que publique documento explicitando a posição da IPB em relação aos ensinos do Dr. Samuel Doctorian. Que o mesmo texto seja veiculado no Site da IPB; bem como em opúsculo publicado pela CEP com o mesmo conteúdo.
"Samuel Doctorian e a heresia montanista".


Compre o Livro "O que são Profecias"

Compre o Livro "O que são Profecias"
Links para Compra do Livro

Participe do MidiaeProfecia Espaços

Contato

Minha foto
Curioso sobre Profecias e assuntos relacionados.