O verdadeiro objetivo do conhecimento profético se alcança apenas pela reforma interior, e não pelo conhecimento acumulado em si mesmo.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Anne Catherine Emmerich


(clique nas imagens do Blog para amplia-las)


Anne Catherine Emmerich , religiosa agustina, nasceu no dia 8 de setembro de 1774 em Flamske, perto de Coesfeld na Diocese de Muster, em Westphalia, Alemanha, e morreu no dia 9 de fevereiro de 1824 na localidade de Dulmen. Ingressou no convento augustino de Agnentenberg, em Dulmen, aos 28 anos de idade.

Anne Catherine Emmerich


Durante sua infância o sobrenatural era tão comum para ela, que pensava que todas as crianças gozavam das mesmas capacidades que ela.

Demonstrava conhecimento inexplicável quando os pobres e os doentes se aproximavam em busca de ajuda; ela conhecia suas doenças e lhes prescrevia remédios que não falhavam.

Pouco tempo depois de ter sido confinada à cama por grave doença, em 1813, seus estigmas se manifestaram externamente, inclusive como as marcas dos espinhos.

Como conseqüência disso, uma comissão episcopal foi formada para investigar sua vida e a realidade destes eventos. 

O vigário geral local e três médicos conduziram a investigação,  e terminaram convencidos da santidade da “piedosa Beata”, como já era conhecida, e da veracidade dos estigmas. 

No término do ano 1818 as feridas de suas mãos e pés se curaram,  as demais permaneceram, e nas Sexta-feiras Santa seguintes, todas se abriam.

Na página A Paixão Dolorosa de Nosso Senhor Jesus Cristo, pode-se ler algumas das descrições feitas por ela, sobre o martírio de Jesus, obtido através de suas visões.

Esta obra serviu como base de outra mais atual, o filme "A Paixão de Cristo", de Mel Gibson.





Anne possue alguns detratores sobre sua capacidade profética, e também outros atribuem a ela um forte sentimento antisemita. Alguns também a acusam de estimular o preconceito contra pessoas e povos não europeus, e de fato, há um trecho em especial de suas visões que é bastante controverso a este respeito.

"Eu vi a maldição pronunciada por Noé sobre Ham, movendo-se em direção a ele como uma nuvem negra, e obscurecendo-o. Sua pele perdeu a sua brancura, ele se tornou escuro. Seu pecado foi o pecado de sacrilégio, o pecado de alguém que forçosamente entrar na Arca da Aliança. Eu vi a mais corrupta das raças emergir de Ham, e se tornarem mais e mais escuros. Vejo que os negros, idólatras, as nações estúpidas são os descendentes de Ham. Sua cor é devido, não aos raios do sol, mas a fonte escura de onde surgiram estas raças degradadas".

"I saw the curse pronounced by Noah upon Ham moving toward the latter like a black cloud and obscuring him. His skin lost its whiteness, he grew darker. His sin was the sin of sacrilege, the sin of one who would forcibly enter the Ark of the Covenant. I saw a most corrupt race descend from Ham and sink deeper and deeper in darkness. I see that the black, idolatrous, stupid nations are the descendants of Ham. Their color is due, not to the rays of the sun, but to the dark source whence those degraded races sprang."

Sobre a afirmação acima, busquemos entender que havia a sua total falta de contato com pessoas de cor ou de outras culturas, senão a Européia, e isso certamente influenciou suas narrativas. Conforme explicado no Livro "O que são Profecias" :  "Os que escreveram e registraram estas profecias, tinham suas próprias limitações de entendimento sobre coisas que não conheciam, e também forte carga emocional sobre eventos que não compreendiam na totalidade, e isso também influenciou e diferenciou as narrativas. Estes fatores pessoais e culturais foram determinantes para as diversas versões dos mesmos eventos, cujos detalhes usam referencias de vida, conhecimento geral e crença de seus narradores.

          Na Biblia, em Ezequiel 38:1-6, podemos ler sobre Gog e Magog, e sua atuação contra Israel :

"Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, dirige o teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque, e Tubal, e profetiza contra ele. E dize: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal; E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos, e te levarei a ti, com todo o teu exército, cavalos e cavaleiros, todos vestidos com primor, grande multidão, com escudo e rodela, manejando todos a espada; Persas, Puche, e os de Pute com eles, todos com escudo e capacete; Gomer e todas as suas tropas; a casa de Togarma, do extremo norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo."

Alguns dos povos citados são de etnias de pele morena, escura ou negra, por exemplo, os Persas, Puche, que representa alguns povos negros da áfrica, como etiopes, núbios, sudaneses, e ainda Pute, que refere-se aos ancestrais dos libios e outros povos árabes do norte da África.

Então, Anne Emmerich, utilzando-se de termos impoliticamente incorretos, pode também ter vislumbrado algo neste sentido. Sua falta de tato nos termos, sua generalização, reflete o impacto emocional, somado a suas próprias referencias de vida.

A interpretação profética não dá ensejo ao racismo, mas ao entendimento de como nos percebemos e de como nos tratamos.

A Etnia, a Religião, a Nacionalidade, tudo isso tem peso na vida prática, e tudo isso terá peso no processo profético, mas não como reforço de estereótipos e de racismo, mas como consequencia de atos anteriores, e que foram motivados pelas mesmas razões de etnia, religião e nacionalidade.

Nesta colocação Biblica sobre alguns povos e etnias que se unirão a Gog e Magog, há também etnias bancas, como os Gomer e Togarma, respectivamente, povos do norte do mar negro e povos da atual Georgia e Armenia, mas são "não Européias".

Eu mesmo reconheço a relevância da questão da etnia e da religião no processo profético, quando afirmo no texto "Eixo Paquistão, India e China" que :  "Ainda no aspecto religioso e étnico, estes países compartilham de uma forte diferenciação em relação ao Ocidente, ou seja, são países de população não branca e não cristã."

**   **

Em 1892 o processo da sua beatificação foi introduzido pelo Bispo de Münster. Em 1928, devido à preocupação sobre o que o poeta alemão Clemens Brentano escreveu sobre suas visões da freira, que as popularizou na Alemanha e Europa, mas que também distorceu um pouco os fatos, o Vaticano suspendeu o pedido de beatificação de Emmerich.

O caso só foi reaberto em 1973 e aprovado em julho de 2003, e Anne Emmerich foi beatificada pelo Papa João Paulo II em Outubro de 2004.  



Várias das revelações de Anne Emmerich, podem ser lidas neste link, mas quase todo o material disponível sobre ela está em inglês.

Algumas das visões de Anne Catherine Emmerich parecem prever o declínio do papado, a guerra do armagedon e o Apocalipse.

Algumas são bem diretas, relativamente fáceis de identificar; outras são mais complexas.
**   **


Os textos abaixo foram escritos entre 1820 e 1823, e foram traduzidos por mim :

Eu tive visões indescritíveis sobre a condição da Igreja. Eu vi um membro da Igreja sobre o símbolo de uma cidade, como se fosse uma Jerusalém celestial, mas a cidade estava na Terra. Em suas ruas, palácios e jardins, aos quais eu vi, haviam procissões inteiramente compostas de Bispos. E eu conseguia reconhecer o estado de cada um deles. Eu via seus pensamentos, como se estivessem saindo de suas bocas em forma de imagens. Suas transgressões religiosas estavam visíveis na forma de deformidades físicas : por alguns instantes, haviam alguns cujas cabeças pareciam como uma névoa; outros tinham cabeça, mas seus corações e corpos como um vapor escuro... Uma vez eu vi uma mitra flutuando no ar e uma mão saída de uma nuvem negra tentava repetidamente, mas em vão, captura-la... Eu vi o Santo Padre rezando de forma devotada, sua figura perfeita, mas completamente exaurido por sua grande idade e pelos muitos sofrimentos, sua cabeça repousada sobre seu peito, como se estivesse dormindo. Ele as vezes desfalecia e parecia estar morrendo.

… protestantismo (as religiões reformistas) estará em ascensão e a Religião (católica) estará falhando em impedir sua própria queda. Eu vi a maioria dos clérigos, cegos (pelas luzes, pelo brilho) por um falso show de um jovem (homem), promovendo um trabalho de destruição, e um (dos clérigos) em particular, tomava parte deste (ato de) egoísmo e ignorância. Ele só irá perceber seu erro quando já for tarde demais para repara-lo. A desgraça sobre este será grande...

Comentário :
dazzled by the false show - “cegos por um falso show” - o sentido original da sentença indica que os clérigos estarão deslumbrados por ato ou demonstração de um homem em particular, e se deixarão impressionar por ele. 

Em outras palavras, a forma como este homem "aparecerá ao Mundo", irá impressionar os clérigos.

Para mim, a sentença fala do anticristo.


Mateus 24:24-31 "Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis;  porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que de antemão vo-lo tenho dito. Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto; não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do filho do homem. Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão os abutres. Logo depois da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.E ele enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus"

**

Estas visões foram tão assustadores que eu comecei a chorar compulsivamente. Eu vi que no futuro, a Religião chegará a um nível tão baixo que será pratica apenas em locais afastados, isolados e por famílias protegidas por Deus, durante os horrores da Guerra”.

Comentário :
A profética perseguição aos cristãos, na verdade, uma perseguição a toda a Fé que seja contrária ao novo poder estabelecido, durante a "ultima semana" do profeta Daniel.

"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo." (Apocalipse 12:17).


**
“eu tive uma visão da grande tribulação que reinará em todos os lugares. Parece que algo foi exigido dos clérigos, algo que não poderia ser requisitado. Eu vi alguns padres idosos, alguns deles Franciscanos, e um em particular, um homem bem idoso, exigindo algo difícil de ser aceito, e misturando as suas lágrimas com aquelas (lágrimas) daqueles outros, os mais jovens que eles mesmos."

Comentário :
Daniel:
"12:1 Naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo; e haverá um tempo de tribulação, qual nunca houve, desde que existiu nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro."

Marcos:

"19 porque naqueles dias haverá uma tribulação tal, qual nunca houve desde o princípio da criação, que Deus criou, até agora, nem jamais haverá. 20 Se o Senhor não abreviasse aqueles dias, ninguém se salvaria mas ele, por causa dos eleitos que escolheu, abreviou aqueles dias.
...
24 Mas naqueles dias, depois daquela tribulação, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz; 25 as estrelas cairão do céu, e os poderes que estão nos céus serão abalados."

"Pequenos Sinais do Quiyamah", retirado das Hadits do Islã:
Durante o período da prática dos grandes pecados, depois do décimo dia do mês de Zul-Haj, a noite será muito longa, equivalendo a três ou quatro noites. Nessa altura, as crianças tornar-se-ão impacientes e histéricas. Os mais velhos vão grita, chorar e recorrer ao Taubah (arrependimento). Os animais com medo abandonarão o mato vindo para as, cidades e nessa altura, o Sol mudará o seu movimento aparente, e nascerá no Ocidente, como se de um eclipse solar se tratasse, e subira até ao ponto de meio dia. Ao verificarem este fato, todas as criaturas vão chorar, gritar e pedir perdão.


Trecho de “Epístola a Henrique, Rei da França segundo”, de Nostradamus:
"...esse acontecimento precederá um eclipse do Sol, o mais escuro e mais tenebroso jamais visto desde a criação do mundo até a morte e paixão de Jesus Cristo, e desde então até agora; depois, no mês de outubro, terá lugar uma grande translação, a tal ponto que todos pensarão que a Terra teria perdido seu movimento natural e estaria mergulhando nas trevas perpétuas."


**

"Eu vi outros, almas mornas, aceitando de bom grado as condições que infestariam a Religião. (Acabariam com) a tradicional Crença de submeter suas aflições ao “interdicto”, e fechariam suas Igrejas. Muitos dos seus paroquianos se juntariam a eles, e então duas facções se formariam, a boa e a má.”

**

“… enquanto nos aproximávamos, o fogo se arrefecia e nós vimos um prédio enegrecido. Nós entramos nele, passamos através de alguns recintos magníficos e nós finalmente chegamos ao Papa. Ele estava sentado e dormia em uma grande cadeira. Ele estava muito doente e fraco, e não conseguia mais andar. Os membros da Igreja mais próximos olharam de forma pouco sincera e demonstravam um zelo inexistente; eu não gostei deles.”


Comentário :
3º segredo em Fátima :
"E vimos n’uma luz imensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas n’um espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fôra de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia e ruínas, e meio trêmulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam vários tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás outros os Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas e varias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de varias classes e posições.

Sob os dois braços da Cruz estavam dois Anjos cada um com um regador de cristal em a mão, n’êles recolhiam o sangue dos Mártires e com ele regavam as almas que se aproximavam de Deus."



João Bosco :
“ ... Naquele momento, viu-se uma multidão de homens, mulheres, velhos, crianças, monges, monjas e sacerdotes, tendo à frente o Santo Padre, sair do Vaticano ordenando-se como se fosse uma procissão. ...

Nesse meio tempo, chegou-se a uma pequena praça coberta de mortos e feridos, vários dos quais pediam conforto insistentemente.

Depois de ter caminhado por um espaço correspondente a duzentos nasceres do sol, cada um percebeu que não estava mais em Roma. ... Depois, quando pôs os pés na cidade santa, começou a chorar ante a aflição demonstrada pelos cidadãos, muitos dos quais haviam morrido. De volta a São Pedro, cantou o Te Deum ... As cidades, as vilas, os campos tinham sua população bastante diminuída. A terra estava pisada como se tivesse passado um furacão, um temporal, o granizo, e as pessoas iam umas ao encontro das outras dizendo com a alma comovida: Est Deus in Israel."


São Malaquias :
designou corretamente insígnias em latim para 112 Papas, desde o Século 14. Sobre a última insígnia :

"Petrus Romanus, In psecutione. extrema S.R.E. sedebit Petrus Romanus qui pascet oves in multis tribulationibus: quibus transactis civitas septicollis diruetur, Iudex tremendus iudicabit populum. Finis."

"Pedro Romano : na derradeira perseguição da Santa Igreja Romana estará sentado (no sólio de Pedro) Pedro Romano, que apascentará suas ovelhas em meio a múltiplas tribulações: as quais transcorridas, a cidade das sete colinas destruída, o Juiz poderoso julgará o povo. "

Estamos no 111, Gloria Olivae (Bento XVI), de uma lista de 112 nomes.
 
**
“Eu vi também várias regiões da Terra. Jesus falou sobre a Europa e apontou para uma pequena e arenosa região. Ele usou estas palavras : “Aqui é a Prússia, o inimigo”. Então ele me mostrou outro lugar, ao norte e disse “aqui é Moskva, a terra de Moscou, trazendo muitos males”.

Comentário :
Moskva é um rio que passa pela cidade de Moscou. A Prússia existiu aonde é hoje a Alemanha, parte da Dinamarca e da Polonia. Mas majoritariamente a Alemanha.

Rio Moskva


Segunda parte do Segredo em Fátima.
"Vistes o Inferno, para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração. Se fizerem o que eu disser salvar-se-ão muitas almas e terão paz. A guerra vai acabar, mas se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI começará outra pior. Quando virdes uma noite, alumiada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai punir o mundo pelos seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a Comunhão Reparadora nos Primeiros Sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz."

Considerando a própria profecia e seus paralelos, estas visões já se concluiram, ou seja, as Guerras mundiais (1914-1918 e 1939-1945),  e a Revoluçao Comunista na Russia, em 1917.

 **

Eu vi também o relacionamento entre dois Papas… Eu vi o quão sinistras seriam as conseqüências desta falsa Igreja. Eu a vi aumentando em tamanho, heréticos de todos os tipos vinham a cidade de Roma. O clérigos se tornariam mornos, eu vi uma grande escuridão...”

Comentário :
Outra profecia que já me parece história.

 **

Eu vi que muitos padres permitiam-se ter idéias que eram perigosas a Igreja. Eles construíam uma grande, estranha e extravagante Igreja. Todos eram admitidos nela, e em nome da igualdade todos tinham direitos iguais : Evangélicos, Católicos, seitas de várias descrições. Isso parecia ser a Nova Igreja ... mas DEUS tinha outros planos.”


Comentário :
Uma Igreja Mundial, com um falso ecumenismo. A Igreja do anticristo?


 **
“Eu novamente vi uma estranha e grande Igreja construída em Roma. Nada havia de sagrado nela. Eu a vi enquanto via também um movimento liderado por eclesiásticos aos quais diziam falar pelos Anjos, Santos e pelos outros cristãos. Mas nesta estranha e grande Igreja todo o trabalho era realizado de forma mecânica, de acordo com certas regras e fórmulas. Tudo era feito de acordo com a razão humana... Eu vi todos os tipos de pessoas, coisas, doutrinas e opiniões. Havia algo de Orgulhoso, presunçoso e de violento nisso, e eles pareciam muito bem sucedidos. (estarem obtendo sucesso). Eu não via nem um simples anjo nem um simples Santo ajudando em seu trabalho. Mas na retaguarda desta Igreja, eu via o selo de um povo cruel, armado com lanças, e eu vi uma figura sorrindo e dizendo : “Faça-a a mais sólida possível; nós a puxaremos para o solo”.

Comentário:
Apocalipse 17:1-2 Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas; com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam sobre a terra se embriagaram com o vinho da sua prostituição.
...
17:4-7 A mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas; e tinha na mão um cálice de ouro, cheio das abominações, e da imundícia da prostituição; e na sua fronte estava escrito um nome simbólico: A grande Babilônia, a mãe das prostituições e das abominações da terra. E vi que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue dos mártires de Jesus. Quando a vi, maravilhei-me com grande admiração. Ao que o anjo me disse: Por que te admiraste ? Eu te direi o mistério da mulher, e da besta que a leva, a qual tem sete cabeças e dez chifres.
....
17:9 Aqui está a mente que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada;
....
17:15-16 Disse-me ainda: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, multidões, nações e línguas. E os dez chifres que viste, e a besta, estes odiarão a prostituta e a tornarão desolada e nua, e comerão as suas carnes, e a queimarão no fogo.
....
17:18 E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra.
 

 **

“Eu vi novamente a nova e odiosa Igreja que eles tentavam construir. Nada havia de sagrado nela... As pessoas eram como uma massa uniforme... mas eles não se “elevavam”, nem recebiam o “corpo” de nosso Senhor Jesus (não comungavam), era apenas um pão.

Os que estavam no erro pensavam que não tinham máculas, mas quem desejava de maneira devota e ardente o “corpo” de Jesus era consolado espiritualmente, mas não em suas comunhões".

Eu via coisas deploráveis: eles estavam jogando, bebendo e conversando na Igreja, eles também estavam cortejando mulheres. Todos os tipos de abominações ocorriam lá. Os Padres permitiam qualquer coisa e falavam as massas com muita irreverência. Eu vi alguns poucos deles que ainda permaneciam fiéis a DEUS... Todas estas coisas me causavam muito sofrimento.”

“Então eu vi uma aparição da Mãe de DEUS, e ela disse que a Tribulação seria muito grande. Ela pedia que os povos rezassem ardentemente com os braços estendidos. Esta foi a maneira com seu filho JESUS rezou por eles na cruz. Eles precisariam rezar muito, rezar desta maneira e manter-se próximos a Cruz. Eles precisariam rezar conforme acima para que a Igreja da Trevas deixe Roma. Estes (que rezariam) seriam as pessoas boas e devotas, e eles não saberiam aonde ajuda ou a liderança poderiam ser encontradas. Mas não haveriam traidores e inimigos dentre eles.”

“Eu vi muitos mártires, não agora mas no futuro... Eu vi uma seita secreta, persistentemente minando a Igreja. Próximo a ela eu vi uma horrível besta vindo do mar. Por todo o Mundo, as pessoas boas e devotas, especialmente os clérigos, seriam perseguidos, oprimidos e aprisionados.”

“Todas as comunidades católicas seriam oprimidas, perseguidas, confinadas e privadas de sua liberdade. Eu vi muitas igrejas fechadas, grandes misérias por todos os lugares, guerras e muito sangue. Um movimento ignorante e selvagem praticando ações violentas. Mas isso não iria durar muito....”

Comentário:
Apocalipse 6:9-11 "Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho que deram. E clamaram com grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano, santo e verdadeiro, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?. E foram dadas a cada um deles compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda por um pouco de tempo, até que se completasse o número de seus conservos, que haviam de ser mortos, como também eles o foram.

 **

Tempos muito ruins viriam quando os não-católicos liderarem muitos povos ao caminho errado. Uma grande confusão resultará disso. Eu vi batalhas também. Os inimigos irão ser mais numerosos, mas um pequeno exército de crentes irá cortar as colunas (as formações) de soldados inimigos. Durante a batalha, a Sagrada Virgem permaneceria em um monte (observando), vestindo uma armadura. Uma guerra terrível. Ao final, apenas poucos combatentes sobreviverão, mas a vitória será deles.”

“Eu estava em grande sofrimento e chorei para Jesus, todo Poderoso, implorando SUA misericórdia. ELE disse, entre outras coisas, que esse entendimento de que a Igreja iria de um lugar para outro significa que a mesma estará em completo declínio. Mas ela se levantaria novamente, mesmo que não exatamente católica, mas a Igreja conquistaria (as pessoas) de novo porque nela nada haveria de conselhos e inteligência humanos”.

“Quando a Igreja tiver destruído seu pedaço ao qual é na verdade da Seita secreta, e quando apenas o Santuário e o Altar permanecerem de pé, eu vi os sabotadores entrando na Igreja com a besta. Lá eles encontrarão a mulher em nobre carruagem, e que parecia ser uma criança porque ela andava vagarosamente. Neste ponto os inimigos ficarão aterrorizados e a besta não poderá dar nem mais um passo a dentro (em direção a mulher). Ele projetará seu pescoço em direção da mulher, como se fosse devora-la, mas a mulher girará e se curvará em direção ao Altar, sua cabeça tocando o chão. Logo depois eu vi a besta levantando vôo em direção ao mar novamente, e os inimigos o estavam seguindo em enorme confusão. Então eu vi muito longe, uma grande multidão se aproximando. Então eu vi que a Igreja estava refeita, e que era mais magnífica que antes.” 


(clique nas imagens do Blog para amplia-las)  


Compre o Livro "O que são Profecias"

Compre o Livro "O que são Profecias"
Links para Compra do Livro

Participe do MidiaeProfecia Espaços

Conheça os arquivos da Comunidade Profecias

Contato

Minha foto
Curioso sobre Profecias e assuntos relacionados.